segunda-feira, 27 de abril de 2009

Pensamento de 27 de Abril - Omraam Mikhaël Aïvanhov

"Como possuem um corpo físico, um coração, um intelecto, uma alma e um espírito, os humanos vivem em diferentes planos. Mas, nesses diferentes planos, pode suceder que certas condições lhes sejam benéficas e favoreçam a sua evolução, e outras lhes sejam contrárias e os impeçam de se desenvolver, de tal modo que, nas circunstâncias em que uns evoluem, há outros que periclitam, e o contrário também acontece. Uma pessoa tem, por exemplo, faculdades intelectuais muito bem desenvolvidas, mas uma saúde deplorável. Porquê? Porque existem forças, correntes, no Universo que não estão nada de acordo com certos aspectos da sua existência e que a combatem provocando perturbações nela. Todos os humanos têm de sofrer, num plano ou noutro, com este género de discordância. O único remédio é a harmonia: harmonia com o sol, com as estrelas, com a terra, coma natureza inteira, a fim de que todas as forças cósmicas contribuam para a sua evolução."

Para consultar no site das Edições Prosveta o pensamento do dia paginado, assim como as outras obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov: http://www.prosveta.com.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Dia da Terra - Greenpeace

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Omraam Mikhaël Aïvanhov



"O que é que a figura do círculo pode ensinar-nos acerca da nossa vida interior? Que os dois termos “centro” e “periferia” não designam unicamente lugares geométricos. Centro e periferiar epresentam também núcleos de forças que agem sobre nós: as forças do centro, do espírito, regeneram-nos, ao passo que as da periferia, da matéria, trituram-se. Evidentemente, o ser humano é feito de tal forma, e as suas condições de vida são tais, que ele não pode manter continuamente a sua atenção no centro e descurar a periferia. É obrigado a ir à periferia, isto é, a estudar a matéria e a trabalhar com ela. Mas há o perigo de ele romper a ligação espiritual com o centro e se dispersar, por isso nunca deve perder de vista o centro divino nele mesmo, esse centro que unetudo, que reúne tudo, que explica tudo. E a partir desse centro ele pode estender uma infinidade de fios para a periferia. À medida que se liga interiormente ao centro, ele forma em sipróprio um ponto de ligação sólido: quando estiver solidamente ligado, ele poderá aventurar-se sem perigo na periferia."





As Edições Prosveta têm a alegria de lhe oferecer o pensamento


Para consultar no site das Edições Prosveta o pensamento do dia paginado, assim como as outras obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov: www.prosveta.com.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Conferência A Consciência do Novo Mundo com Alan Silveira - 18 de Abril Entroncamento

CONFERÊNCIA
A Consciência do Novo Mundo

Sábado dia 18 de Abril
Pelas 17:30

Quem pode alegar um Novo Mundo? Quem é que, diz poder existir um Mundo Novo? Aquele que vislumbra o Novo Mundo, é todo Homem, que partilha a Nova Consciência, a Nova perspectiva de Vida.
A queda do Mundo Velho, despoletou assim a vontade de procurar algo mais, de descobrir algo mais, algo que substituísse o velho pelo Novo.

Nos quatro cantos do Globo, são inúmeros, os que já partilham essa Consciência, já despertaram para a Vida, que é viver no Novo Mundo, e aguardam a chegada de todos os outros.
A Nova Consciência eleva-se de forma a elucidar, o que em tempos foi ignorado, questões como: Quem somos? O que fazemos cá? e o que é vida? São questões que lentamente são nos respondidas, a Vida concede a todos aqueles, que desejam descobrir, a resposta dos mesmos. Absolutamente nada foi ocultado ao Homem, pois o Homem partilha a sabedoria da Vida em si mesmo, sendo ele parte integrante da Vida, ele possui a capacidade de auto revelação, conhecendo-se a ele mesmo, ele conhece as respostas à Vida.

O Processo pelo qual o Homem se descobre, é um processo interno, a Consciente introspecção, a meditação, torna-se assim a porta de entrada para o Novo Mundo. Uma vez Presente, uma vez Consciente da sua Presença, ele acede ao seu Interior, verá então que a Consciência, a Pura Observação da sua Vida interior, “esconde” a chave para a entrada no Novo Mundo.
Uma chave que todo aquele que vive no Novo Mundo partilha, essa chave, é o Amor, é a Consciência Colectiva do todo, em UM. Somos UM, a Vida se auto reconhecendo. A Conexão existente entre todos, é a Luz, e o fio condutor que nos une a Todos. É a sua Consciência, que também você faz parte desse todo, que lentamente, o conduzirá a partilha do mesmo.

A queda do velho mundo, simboliza o renascimento do Novo, a morte para com o passado, despoletará, a mudança de um para o outro, muitos terão dificuldade em aceder ao Novo. A procura de Amor, a procura da Felicidade, serão para alguns a energia suficiente para acreditar aceder ao Novo Mundo a Nova Consciência, e com isso descobrirem no seu interior, a Vida que são.

Uma vez Consciente do Novo Mundo, o Homem verá a graciosidade que significa estar vivo, a Vida lentamente, lhe mostrar-lhe à o “caminho” e o processo, para a felicidade do todo. Dificuldades, serão cada vez menores, problemas, angustias e tristezas, com o tempo desvaneceram. Pois tudo isso pertence ao velho Mundo, o Novo Mundo a Nova Consciência, não partilha escassez, angustia, ou sofrimento, a Magia de estar Consciente, dar-lhe à tudo que necessitar.

A Vida Jubila quando se reconhece, toda a Vida que toma Consciência da sua Presença, toda a Vida que se reconhece como parte integrante do Todo partilha do êxtase e encantamento que é estar VIVO.



Bem-vindo ao Novo Mundo

Paz


Conferencia com Alan Silveira
http://conexaonovomundo.blogspot.com/
http://umsomconsciente.blogspot.com/
____________________________________________________________________

ENTRADA LIVRE MEDIANTE MARCAÇÂO

Local e Organização: Contactos:
Espaço Kalma Lina Rodrigues 91.9998362
Morada: Carla Batista 96.0267225
Rua Rui Luis Gomes Mail: espacokalma@gmail.com
N.º 71 R/C Dto
Entroncamento(junto ao Centro Comercial Tunel)

terça-feira, 7 de abril de 2009

Reiki




Reiki, é a arte secreta de convidar a felicidade!


Mikao Usui